Inicio / Testemunhos!

Testemunhos!

Professor Doutor Agostinho Guedes (docente da UCP Porto e de Expressão Escrita do ADN Jurista)

«Na sociedade em que hoje vivemos as exigências colocadas aos profissionais do Direito são cada vez maiores. Pode não bastar uma (boa) licenciatura, ou seja, uma boa formação técnica. Aos juristas de hoje são exigidas outras capacidades que têm que ver pouco com a formação técnica em sentido estrito.

De um jurista, e particularmente de um advogado ou de um consultor jurídico, exige-se a capacidade de refletir criticamente sobre a realidade e sobre o Direito, a capacidade de encontrar soluções novas para problemas novos (criatividade), a capacidade de comunicar eficazmente, a capacidade para trabalhar bem em equipa e a inerente facilidade de integração em organizações mais ou menos complexas.

O programa ADN Jurista visa dar aos estudantes da nossa Escola alguns instrumentos que lhes permitam aperfeiçoar e desenvolver algumas daquelas capacidades e a integrá-las na sua formação técnica, por forma a que se tornem não só melhores juristas, mas também Pessoas mais livres e autónomas.»

 

Doutora Ana Martins (Estudantes e Empregabilidade UCP Porto – Coordenadora do ADN Jurista)

«O programa ADN do Jurista tem por objetivo desenvolver nos estudantes mais-valias diferenciadoras. Sim, a Escola de Direito é reconhecida pelos empregadores como sendo uma escola de excelência, em termos técnicos e científicos. Mas queremos ser mais: em cima deste robusto alicerce científico, queremos que os nossos licenciados sejam diferentes na forma como exercem as diferentes profissões jurídicas. Queremos que os nossos estudantes sejam cidadãos mais conscientes, críticos e ativos na comunidade em que se inserem. Não nos limitamos a formar diplomados e não é só por sermos uma Universidade Católica. É também porque acreditamos – e as entidades recrutadoras com que conversamos confirmam-no – que a cidadania ativa está intrinsecamente ligada à empregabilidade. A leitura do mundo em que vivemos é o que nos permite refletir criticamente sobre problemas novos, termos criatividade para encontrar as soluções para esses problemas, ter iniciativa e capacidade para negociar, para comunicar objetiva e eficazmente, com forte sentido ético. São essas as características que constituem o ADN de um jurista: a leitura do mundo. Temos, no momento, mais de 150 colegas seus inscritos neste programa. Se quer ser mais, ir mais longe e mais além, porque não se junta a nós?»

 

Filipe Maia Alexandre (ex-aluno da Escola de Direito da UCP – realizou o ADN Jurista)

«Durante a minha licenciatura, recebi da Faculdade de Direito a melhor das formações técnicas. Contudo, como rápido pude verificar, numa sociedade cada vez mais global e tão competitiva como aquela em que vivemos, exige-se do aluno um outro conjunto de competências que não podem ser estudadas. Nesse sentido, o ADN do Jurista é um programa hands on, pensado para estudantes que vejam a faculdade não como um conjunto de disciplinas e de salas de aula, mas como um centro de desenvolvimento pessoal e profissional.

A minha passagem pela Universidade Católica foi, indubitavelmente, marcada pela frequência neste programa. Muito para além de trabalhar a minha capacidade de desenvolver um raciocínio crítico e estruturado e de o comunicar de uma forma clara, o ADN do Jurista contribuiu para reforçar o meu compromisso comigo próprio em tornar-me um cidadão mais ativo e um profissional mais ambicioso.

Há iniciativas que valem o tempo investido. Esta é um deles. Como jurista, como estudante e como pessoa.»

 

Ir para a barra de ferramentas