Inicio / Geral / COMUNICADO – Horário pós-laboral

COMUNICADO – Horário pós-laboral

Foi comunicado à AE FDUCP, por alguns estudantes pré-finalistas do regime pós-laboral, que não tinham sido disponibilizadas disciplinas suficientes em horário pós-laboral de acordo com o plano de curso do primeiro semestre do quarto ano. O plano de curso aplicável prevê que tenham de ser completos 30 ECTS durante este semestre. Contudo, constatou-se que não tinham sido disponibilizadas disciplinas no regime pós-laboral que no seu conjunto e de forma compatível perfizessem o referido número de créditos.

De seguida, a AEFDUCP em conjunto com um grupo de alunos afetado pela lacuna, procedeu a uma série de diligências por forma a resolver a situação. Por um lado, era compreensível que a diferença considerável entre o número de alunos inscritos em regime diurno e regime pós-laboral justificasse uma menor oferta de disciplinas mas por outro, não se configurava aceitável o facto de se impossibilitar os alunos pré-finalistas de completarem o previsto no plano de curso.

Acompanhados por alguns dos alunos afetados e após reuniões com o Provedor do Estudante e com a Direção da Escola de Direito promoveu-se um conjunto de esforços que possibilitaram a resolução do problema. É com um grande sentimento de satisfação que constatamos que a questão foi ultrapassada, após consulta das preferências destes estudantes, tendo sido disponibilizada uma disciplina de Direito Canónico em regime pós-laboral.

Vimos ainda salutar a atitude incansável mas sempre construtiva dos alunos pré-finalistas de pós-laboral que contribuíram para a solução do problema. São atitudes como estas, de participação e civismo que tanto enobrecem o associativismo e as suas causas.

Será igualmente de saudar a postura do Provedor do Estudante e da Direção da Escola, que reconheceram o problema e demonstraram uma enorme abertura para as propostas apresentadas, acabando por as implementar rápida e eficazmente.

Somos e que remos continuar a ser uma Associação próxima e sensível para os problemas que afetam os nossos associados. Estes podem sempre contar connosco na defesa das causas justas que os afetem. Continuaremos a trilhar solida e persistentemente o caminho da política educativa.

Deixe uma resposta

Ir para a barra de ferramentas